Beta Technology

Case Studies

Case studies 1

Delegação Comercial da Comissão Europeia

Apoio ao desenvolvimento de laços comerciais entre o Brasil e a UE

Após anos de experiência operando na Europa e no Brasil e com um vasto conhecimento sobre PMEs Richard Wrigley, Diretor Executivo da Beta, foi convidado para fazer parte de uma Comissão Europeia (CE) do mais alto nível cujo objetivo era desenvolver uma relação comercial mais próxima entre as duas regiões.

A delegação esteve no Brasil em 2013, sob o comando do Vice-Presidente da CE Antonio Tajani. Dentre os membros da delegação constaram empresas multinacionais tais como Siemens, Shell, L’Oreal para citar algumas, além de outras empresas da CE de menor porte. O objetivo principal foi desenvolver laços entre as PMEs da UE e do Brasil. Richard partilhou seu conhecimento sobre o papel das pequenas empresas na criação de empregos e geração de riquezas.

“Grande ênfase tem sido dada à importância de se conectar pequenas e médias empresas em ambas as áreas”, de acordo com Richard. Nós nos reunimos com vários Ministros do Governo que estão buscando parcerias ao redor do mundo e estão bastante interessados em saber sobre nosso conhecimento e inovação, e igualmente interessados em trabalhar em parceria com a UE”.

Richard Wrigley, Diretor Executivo da Beta Technology

A delegação da CE foi um encontro preparatório para a reunião em Bruxelas entre o Presidente da CE e a Presidente do Brasil, em fevereiro de 2014, para entrar em acordo sobre um Plano de Ação em Competitividade e Investimentos. Particular ênfase foi dada para as oportunidades de negócios e projetos acadêmicos entre parceiros da Europa e do Brasil, o que aumentaria as possibilidades para as empresas do Reino Unido que, no momento, ainda tem pouca penetração no mercado brasileiro. “Minha experiência em trabalhar com o Brasil é muita positiva” acrescenta Richard, e eu estou ansioso para ver de que forma verbas para pesquisa destinadas a empresas no Brasil e na Europa podem passar a fazer parte da realidade das PMEs”.

Richard finaliza dizendo que, “O Brasil é um país fascinante para se fazer negócios, pois é rico em recursos naturais, e é um país que está crescendo em termos de credibilidade e investindo em infraestrutura, nas indústrias de petróleo, gás e telecomunicações.”

“Você tem que vender seu valor agregado para o Brasil e estar preparado para dedicar tempo e esforço para desenvolver laços comerciais. É importante também ter clareza sobre suas metas. É uma caminhada longa, mas você será recompensado”.