Beta Technology

Case Studies

Case studies 1

O prêmio Charles Hatchett

Avançando nossos conhecimento sobre ligas de nióbio

Desde de a criação do prêmio Charles Hatchett há trinta anos, a Beta organiza e gerencia todo o processo dessa distinta premiação em nome do patrocinador do prêmio, a Companhia Brasileira de Metalurgia e Mineração (CBMM). A Beta desenvolveu os procedimentos para identificação e seleção das melhores pesquisas publicadas na ciência e tecnologia do nióbio e suas ligas. A seleção é feita por um painel de especialistas internacionais presididos e ratificada pelo Instituto de Materiais Minerais e Mineração (IOM3 na sigla em inglês).

A premiação anual reúne uma equipe dos principais metalurgistas do mundo e destaca as principais tendências nas pesquisas e uso das ligas de nióbio. Nos últimos cinco anos a Beta introduziu em nome de seu cliente duas novas categorias de premiação. O Lifetime Achievement Award (Prêmio pelo Conjunto da Obra), iniciado em 2008 em reconhecimento ao comprometimento dos profissionais à metalurgia de nióbio e o Seminários de Premiação Charles Hatchett. Ambos ocorrem no mesmo período das cerimônias anuais de premiação em Londres. O assunto de cada seminário é estruturado com base na pesquisa vencedora daquele ano.

CHT10285_239Equipe da Beta no Seminário de 2016

A CBMM é a maior produtora mundial de nióbio e tecnologia de nióbio, e é também a patrocinadora da premiação desde de sua criação, tendo como objetivo principal promover o nióbio e suas utilizações. O mais importante uso do nióbio é como elemento de liga para conferir melhoria de propriedades em produtos de aço, sendo utilizado nos setores de petróleo, gás, empresas automotivas e setores estruturais.